A fronteira da Venezuela com o Brasil foi fechada às 20h desta quinta-feira (21) – 21h em Brasília – anunciou Nicolás Maduro, em meio à pressão internacional para que ele permita a entrada de ajuda humanitária oferecida pelos Estados Unidos e por nações vizinhas.

A Venezuela vive uma escassez generalizada de alimentos e remédios. “A partir das 20h de hoje, quinta-feira, 21 de fevereiro fica fechada total e absolutamente até novo aviso, a fronteira com o Brasil. Vale mais prevenir do que lamentar”, declarou Maduro.

Também é avaliado o fechamento da fronteira com a Colômbia. Reconhecido por dezenas de países como presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó tem solicitado ajuda humanitária externa, vista como Maduro como uma tentativa de interferência no país.

Integrantes da oposição venezuelana chegaram a sugerir a formação de correntes humanas através da fronteira colombiana para passar pacotes de pessoa a pessoa e também frotas de barcos provenientes das Antilhas Holandesas.